Notícias

JORNALISMO DE MODA: Concorrência divide influenciadores e agências

Categoria:

Uni7 Informa

0

Com novas tendências e inovações de estilo e design, o ramo se encontra em evidência com a convergência das mídias e dos digitais influencers. O mercado se mantém em crescimento com o avanço das redes sociais

O mercado da moda é um importante setor que ganha notoriedade em território nacional, visto que o Brasil é o quinto maior produtor têxtil do mundo. As agências de moda concorrem entre si, sempre buscando novas formas e ações de marketing para atingir o consumidor.

A internet vem estreitando a distância entre o público e as marcas. Grandes campanhas publicitárias em mídias tradicionais estão perdendo espaço para as novas mídias digitais. Com a chegada das redes sociais, onde há a amplitude de renda e de comunicação, muitas pessoas se utilizam desta plataforma para fazer negócios, como é o caso dos digitais influencers, que têm assumido um papel de divulgador de produtos e serviços para um público-alvo bem segmentado.

Digitais influencers, como o nome já diz, são pessoas que influenciam sobre determinado tema outras pessoas, mas estes através de uma rede social. Atualmente, existe uma ampla concorrência entre agências de moda e digitais influencers, visto que estes possuem a capacidade de compartilhar dicas e informações sobre determinadas tendências. Entre elas, está a moda.

“Toda divulgação é importante. O que mudou, para o comércio, foi o tipo e o modelo de divulgação”, Talitha de Sales.

Em conversa com a dona da agência de Marketing MP Divulgações, Lívia Pessoa, 28, percebe-se que, com o crescimento do instagram, os digitais influencers estão cada vez mais em ascensão e as marcas sempre estão contratando os influenciadores para trabalhar na divulgação da marca e gerar cada vez mais clientes e renda. A agência geralmente cria o tema da campanha e escolhe junto com o cliente a digital influencer que tem mais afinidade com a marca. Em equipe, é criado o conteúdo (foto e/ou vídeo) e a agência fica responsável por postar nas redes da marca e impulsionar as mídias.

Lívia diz que faz o cliente entender que o marketing é apenas um dos ingredientes dessa receita para o sucesso. Outros elementos também são de extrema importância, como: produto, praça, promoção, preço, pessoas e, principalmente, a divulgação, que com a internet as coisas estão cada vez mais velozes, ou seja, precisa ter mais agilidade e criatividade para desenvolver campanhas em curto prazo.

“As marcas conseguem atingir um grande número de usuários em questão de minutos, de forma mais barata e prática, sendo que a comunicação se tornou mais acessível. Em muitas vezes acontece de agências de moda criarem a campanha e convidarem os influenciadores digitais para fazer a divulgação de suas marcas.”, acrescenta Lívia.

Bianca Reis, 35, começou no mercado da moda há 10 anos como mãe de modelo e, por meio do network, iniciou sua trajetória como produtora de moda. A diferença da agência de modelos para o digital influencer é que a agência produz editoriais, campanhas, coleções para a marca, e o digital influencer é uma persona, pessoa pública, que foi procurada pela marca por atender um público que se encaixa no perfil do cliente.

Bianca acredita que o mercado da moda e o publicitário irão mudar muito por conta do que as pessoas estão se tornando com o uso das redes sociais. Por exemplo, muitas delas trocaram o hábito de assistir televisão, onde passa a publicidade, que é um meio forte para as agências de moda, e começaram a atualizar cada vez mais o Instagram. Ela cita alguns exemplos, como a ausência do outdoor pela cidade e a substituição das revistas de salão pelos aparelhos de celular.

Raiana Herculano ressaltou a importância e utilidade do Instagram, para a divulgação e venda das roupas disponíveis na loja

Para a produtora, as agências ainda têm um bom caminho. Por conta do profissionalismo, muitas marcas ainda procuram as agências para fazer a produção de um editorial ou comercial com alguma digital influencer. Bianca também trabalha com influencers além de modelos, atores e apresentadores. Ela afirma, inclusive, que a agência mostra as possibilidades para o cliente trabalhar.

Eduarda Moreira, 19, iniciou a carreira como modelo comercial e participou de vários concursos de beleza. No Instagram, começou a conquistar o próprio público com assuntos relacionados ao mundo miss, e hoje tem 53 mil seguidores que acompanham suas dicas. Duda, como é conhecida por seus seguidores hoje, além de trabalhar como modelo comercial, também é uma influenciadora digital e ressalta que trabalha as duas formas e com valores diferentes.

Ela explica que o trabalho de modelo é cobrado por diária, enquanto o de digital influencer também é cobrado por divulgação, quantidade de look, e o Instagram trouxe mais oportunidades para ela, onde consegue se comunicar melhor e mostrar para as pessoas seus princípios e conceitos. O desafio que a modelo encontra no mercado da moda é o padrão de beleza que ainda é colocado pela sociedade e que muitas pessoas não valorizam a profissão e enxergam como algo fácil e fútil. Com tantos meios de comunicação e propagandas em todos os lugares, fica difícil para o consumidor se encontrar no mercado e resistir às tentações.

Já a Ana Paula, 47, não se considera uma pessoa consumista e só compra o necessário.Não costuma se empolgar com uma propaganda, mas fala que sempre compra por indicação, pois significa que alguém já comprou e gostou. Ela afirma que já fez várias compras online e que hoje em dia o meio de comunicação que tem mais acesso é o Instagram.

O mercado da moda, com suas tendências que estão sempre se renovando a cada ano, é um setor que movimenta outros setores como o turismo, por exemplo, e a economia no cenário mundial. Além disso, a moda é um ótimo meio de gerar renda nas redes sociais, tendo o alcance ampliado com visualizações e feedbacks, criando uma nova forma de fazer negócio e trazendo mais benefícios ao mercado.

Clique na imagem abaixo e confira a entrevista com as vendedoras Andréa Martins, Talitha de Sales, Raiana Herculano e Claudia Fernanda que falam sobre o setor de vendas e de marketing da loja, além da importância das redes sociais para os negócios.

Imagem de Amostra do You Tube

Serviço:
Agência MP Divulgações
Email: contato@mpdivulgacoes.com.br
Telefone: (85) 99685-5630
Local: Av. Antônio Sales, 2929, Dionísio Torres, Fortaleza – CE

Texto: Amanda Oliveira e Neyliana Maia (6º semestre – Jornalismo/UNI7)

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *