Notícias

RAIMUNDO DO QUEIJO: Frequentadores destacam valores da tradição cearense

  • DSC_0018
  • DSC_0028
  • DSC_0040
  • DSC_0052
  • DSC_0099
  • DSC_0102
Categoria:

FA7 no Centro

0

Há quase 40 anos o estabelecimento faz parte da história e do cotidiano da cidade e de seus clientes tradicionais

Que o carisma do dono e o ambiente descontraído são o diferencial do Bar do Raimundo do Queijo, muita gente sabe. Mas, do ponto de vista dos frequentadores, clientes tradicionais do bar, o que mais lhes cativa e lhes fazem tão próximos? No sábado, 20, o Projeto Uni7 no Centro foi descobrir o porquê desta relação, que começou em 2002 com a venda de produtos típicos do Ceará, dentre eles, o queijo, de coalho e de manteiga. E para acompanhar, uma forte aliada: uma cerveja bem gelada.

Dentre os frequentadores se destaca José Ernando Honorato da Silva, 66 anos. Um dos primeiros assíduos do bar, disse que costuma de ir ao Raimundo do Queijo há 15 anos, sendo um dos clientes mais antigos. Ernando ressalta que os amigos e as relações ali criadas, são o diferencial do lugar.

O filho do proprietário, Adriano Veras, 55 anos, diz que a tradição já vem há 40 anos e que a honestidade de seu pai proporcionou a continuidade do negócio durante todo esse tempo. Além da qualidade da mercadoria, fazendo do lugar um ponto de encontro de amigos aos sábados e domingos, tem o queijo e a paçoca pisada no pilão com os principais tira gostos.

Outros clientes como Silvio Ricardo Leitão, 61 anos, Edilberto Rebouças de Oliveira Júnior, 46, e Petrus Pereira, 38 anos, são unânimes: a propaganda “boca a boca “e os amigos são os que mais atraem clientes para o lugar. E, claro, o queijo que também é muito importante.

A recepcionista Raquel Ferreira de Sena, 22 anos, disse que o produto mais vendido é o queijo coalho de Tauá e que, muitas vezes, os clientes querem baixar o preço, mas acabam se conformando. Ela que trabalha há seis anos no comércio, diz, porém, que é muito difícil indicar o número de pessoas que passam no Raimundo do Queijo todos os dias. Garante, no entanto, que sábado e domingo, a casa fica cheia e as mesas do calçadão são alvo de disputa entre a freguesia tradicional e os novos clientes.

Serviço
Bar Raimundo do Queijo
Travessa Crato (entres Ruas Cond’Eu e General Bizerril)
Segunda a sexta – das 7 às 17h
Sábados e Domingos – das 8 às 16h

 

Texto: Roberta Linhares (3º Semestre – Jornalismo)
Foto: Rayanne Aragão (6º Semestre – Jornalismo)

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.