Notícias

ESCRITOS: Adailson Silva reúne textos autorais e escreve livro

Categoria:

Uni7 Informa

0

Sempre com o desejo de ser poeta, aluno de jornalismo da UNI7 conta como amadureceu a ideia de se tornar escritor

O estudante de Jornalismo, Adailson Silva, 23, do Centro Universitário 7 de Setembro (UNI7), lança sua primeira obra literária na próxima quinta-feira, 11, a partir das 19 horas, no Café&Pub Roquen’derrou, no Shopping Salinas. “Três vidas de um poeta só” é uma compilação de textos divididos em poesias, crônicas e contos, alguns escritos em experiências vividas pelo autor e outros exclusivamente para o livro.

A necessidade de libertar seus sentimentos, como forma de proteção ou expressão artística, deu a Silva o gosto pela escrita. No final de 2016 decidiu fazer uma junção de todas as produções já escritas, junto às futuras, em um livro e foi reunindo até descobrir sobre o que, de fato, queria falar. Ele lembra que o desejo de ser poeta vem desde a infância, por volta dos 7 anos de idade, quando escreveu sua primeira poesia.

O processo de produção, segundo Adailson, foi simples. Ele a dividiu em duas partes: escrita e visual. A escrita foi concluída em três meses, e, para ele, tranquila. “Organizei os materiais, escrevi o que faltava e aí tive uma grande ajuda da professora Ana Márcia Diógenes (professora de Jornalismo da UNI7), que me deu a revisão e o prefácio de presente. Sou muito grato a isso”, revela o escritor.

Na parte visual, contratou um amigo de faculdade para fazer a capa e algumas ilustrações. “Muito bom o trabalho dele”, diz sobre o quadrinista e ilustrador, Deleon Stu. O único obstáculo que encontrou foi durante a busca de uma editora favorável. “Tive muita dificuldade de contato com as editoras locais. Parecia que estavam sempre fechadas para um estudante de jornalismo com um sonho. Tive de recorrer ao sul do país”, acabando por escolher a Editora Viseu, de Curitiba, por ter apresentado mais auxílio às suas condições.

Os autores Carlos Drummond de Andrade e Fernando Pessoa serviram de norte para Adailson, na hora de decidir um tema, mas também destaca Gabriel Garcia Marquez, como referência nas narrativas mais longas. “A verdade é que inspiração para mim é muito mais notável em pessoas, histórias, vivências, detalhes abstratos do dia a dia, tanto que divido o livro em três partes: uma mais romântica, outra mais paranoica e outra mais concreta, real”, completa.

Em “Três vidas de um poeta só” Adailson expressa todas as suas realidades internas, sentidas de verdade ou inventadas, segundo ele. “Percebi isso depois de concluir, mas me parece que eu mesmo estava tentando dar um grito e dizer como funciona minha visão sobre as coisas, quem sou eu de verdade quando eu escrevo”, e dá continuidade ao tentar transmitir às pessoas que ele se vê como um poeta em tempo integral. “Toda hora é hora para uma poesia, seja trágica, triste, alegre, romântica, depressiva ou feliz”, finaliza.

SERVIÇO:
Lançamento do livro: Três vidas de um poeta só
Local: Café&Pub Roquen’derrou (Salinas Casa Shopping)
Endereço: Av. Washington Soares, 909 – 6b – Edson Queiroz, Fortaleza – CE, 60811-341 (Próximo ao Centro de Eventos do Ceará)
Quinta-feira, 11, a partir das 19 horas
Instagram: @adailsonescritor
 
Texto: Bruna Ramos (3º semestre – Jornalismo/UNI7)
Foto: Divulgação

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *