Notícias

CINE: Filmes debatem e estimulam reflexão e responsabilidade social

Categoria:

Uni7 Informa

0

Promovido pelo Núcleo de Responsabilidade Social da UNI7, projeto abordará o tema “Direitos Humanos e Mulheres vítimas de violência”

Maria da Penha, a farmacêutica cearense, vítima da violência doméstica e hoje, líder de movimentos de combate à violência feminina (Foto: Youtube)

A segunda edição do projeto Cine Direitos Humanos exibirá o documentário “Silêncio das inocentes” no próximo sábado, 16, às 9 horas, no auditório do 2º andar do Centro Universitário 7 de Setembro (UNI7). O curta conta a história da criação da Lei Maria da Penha e a luta feminina contra a violência doméstica. A convidada Danielle Mendonça, delegada adjunta da Delegacia de Defesa da Mulher, em Fortaleza, e a psicóloga Lirian Mascarenhas, professora da UNI7, darão início ao debate após a exibição do filme.

Coordenadora do Núcleo de Responsabilidade Social da UNI7, Lirian explica que o projeto tem por objetivo estimular a reflexão sobre responsabilidade social em meio à falta de respeito aos direitos humanos de pessoas em situações de rua, mulheres vítimas de violência e crianças e adolescentes em conflito com a lei. Além disso, tem o intuito também de promover debates acerca dos temas escolhidos junto ao público e especialistas convidados. A participação dos estudantes contará três horas de atividade complementar.

Na primeira edição foi exibido o documentário “Habita-me se em ti transito”, com o tema “Direitos humanos e pessoas em situação de rua”. O filme retrata a exclusão vivida por pessoas em situação de rua, abordando a relação com o entorno, os vícios de álcool e drogas e a falta de proteção para estas pessoas. As palestrantes convidadas foram Rane Félix, psicóloga e doutoranda em Saúde Coletiva, e Lídia Valeska Pimentel, conselheira do Conselho de Defesa de Direitos Humanos do Estado do Ceará (CEDDH-CE).

A ideia, prossegue Lirian, é exibir três filmes por semestre com a temática ligada a direitos humanos. A terceira edição está marcada para o dia 18 de maio, às 9 horas, com o tema “Direitos humanos e adolescentes em conflito com a lei”, apresentando o filme “Juízo” que mostra a realidade de menores de idade presos e em julgamento, por roubo ou homicídio. A convidada será Érica Brilhante, fundadora do Núcleo de Atendimento a Jovens e Adolescentes em Conflito com Lei (NUAJEA), da Defensoria Pública do Estado do Ceará.

Serviço:
Cine Direitos Humanos – Silêncio das inocentes
Data: 16 de março (sábado)
Horário: 9 horas
Local: Auditório 2º andar – UNI7
Entrada gratuita

Texto: Bruna Ramos (4º semestre – Jornalismo/UNI7)
Foto: Youtube/Divulgação

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *